Dicas

Guia para o Prouni 2019: confira!

guia para prouni 2019
Escrito por Pré-Alfa
Powered by Rock Convert

O Programa Universidade para Todos, mais conhecido como Prouni, foi criado em 2004 no governo Lula com o fim de promover a inclusão dos jovens de diferentes rendas no ensino universitário. Vigente há 14 anos no país, mais uma etapa se aproxima: o Prouni 2019. 

Para participar desse programa, é preciso estar atento aos seus requisitos e às suas datas, além de contar com o número de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2018 em mãos. 

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e confira o nosso guia para o Prouni 2019! Vamos lá!

O que é o Prouni? 

O Programa Universidade para Todos foi criado pela Lei nº 11.096/2005 e o seu objetivo é auxiliar jovens de baixa renda a ingressarem na faculdade, independentemente do curso superior escolhido. 

O Prouni concede bolsas de estudo, de forma integral ou parcial, aos estudantes e, por isso, atua especificamente em instituições privadas de ensino. Como contraprestação do governo, as faculdades que aderem ao programa recebem isenções tributárias, ou seja, acabam pagando menos impostos. 

Entrando, agora, em seu 15º ano, o Prouni 2019 já tem datas definidas para inscrição, além de manter os requisitos cobrados nos anos anteriores. Quem é beneficiário desse programa não se arrepende e, inclusive, pode contar com melhores propostas no mercado de trabalho depois da conclusão do curso de graduação. 

Como funciona esse programa? 

Como existem faculdades que se pautam pelo ensino semestral — com ingresso tanto no começo do ano, como em meados de julho —, o Prouni segue esse molde e apresenta duas datas para inscrição.

Ele também funciona com duas modalidades de bolsa, integral e parcial. A primeira oferece a bolsa de 100% aos alunos aprovados no curso de graduação de sua escolha, significando que o candidato não precisará arcar com as mensalidades do ensino superior.

Já as bolsas parciais cobrem 50% das mensalidades. Apesar de não significar a isenção total dos custos mensais, esse benefício é um grande auxílio e representa importantes economias para o jovem interessado em cursar a faculdade.

O fator que determina o tipo de bolsa a ser aplicado a cada caso é a própria renda familiar do candidato:

  • alunos que apresentam renda familiar de até 1 salário-mínimo por pessoa estão aptos a receber a isenção total dos valores da mensalidade;
  • jovens que contam com uma renda familiar de até 3 salários-mínimos por pessoa podem receber a chamada bolsa parcial.

Quais são as regras para participar? 

Como o Prouni visa a inclusão dos jovens de rendas mais baixas no mundo universitário, estudantes que fazem parte de famílias com boas condições financeiras não são o foco do programa. Por isso, ele se destina a estudantes que cursaram os 3 anos do Ensino Médio em escola da rede pública.

Da mesma forma, jovens que completaram o Ensino Médio em instituições privadas como bolsistas integrais também podem participar da seleção, assim como aqueles que estudaram em ambos os tipos de estabelecimentos, em escolas particulares e públicas — sempre com a ressalva da aplicação da bolsa integral na instituição privada.

Como a palavra de ordem do Prouni é inclusão, o programa também se aplica às pessoas com deficiência, além de impulsionar a formação de professores da rede pública de ensino. Nesse último caso, para se inscrever no Prouni, o profissional precisa fazer parte do quadro permanente de professores, escolher um curso de licenciatura e necessita exercer o magistério – sendo a única situação em que o requisito de renda não é aplicado.

Por fim, a realização do Exame Nacional do Ensino Médio, o conhecido ENEM, é item obrigatório: o aluno precisa garantir 450 pontos em cada prova e não pode zerar a redação. Guarde o seu número de inscrição do ENEM e a senha de acesso ao seu cadastro, considerando que ambos serão pedidos para a inscrição no Prouni 2019.

Como fazer a inscrição? 

Todo o sistema de inscrição e de seleção dos bolsistas pelo Prouni é realizado de modo online. Por isso, é essencial ficar atento às datas e aos horários estipulados pelo programa, já que, depois do encerramento, o acesso ao endereço deixa de ser possível.

Da mesma maneira, o link para esse endereço apenas fica disponível quando as inscrições forem abertas. Vale notar, no entanto, que ele pode ser encontrado no site do próprio portal do programa

Powered by Rock Convert

Para realizar a inscrição, basta contar com a sua numeração do ENEM e a senha de acesso, procurar o endereço do Prouni nas datas estabelecidas em seu cronograma, preencher os seus dados pessoais, responder ao questionário da forma correta e escolher o curso de graduação.

Ao final, é necessário confirmar a inscrição. Depois, é só aguardar o resultado e (tentar) manter a calma! Ele é disponibilizado de forma online e pode ser consultado via telefone, a partir do número 0800-616161 — tenha em mãos a sua inscrição do ENEM e senha de acesso antes de realizar a ligação. 

Qual é o cronograma do Prouni 2019? 

As datas para a inscrição no Prouni 2019, referente ao primeiro semestre, já foram estabelecidas: elas têm início no dia 23 de janeiro de 2019 e finalizam às 23:59 do dia 1º de fevereiro de 2019, considerando o horário oficial de Brasília (DF).

Conforme o edital do programa de 2019, a divulgação dos resultados ocorre em duas chamadas sucessivas. A primeira chamada será no dia 4 de fevereiro, enquanto a segunda acontecerá 14 dias depois, no dia 18 de fevereiro de 2019. 

Como forma de garantir a segurança do processo e a veracidade das informações prestadas, os estudantes selecionados têm um prazo para comprovar todas essas questões perante a instituição de ensino superior. Por isso, não é porque o jovem foi aprovado que a sua bolsa — total ou parcial — está garantida. 

Para os estudantes que passaram logo na primeira chamada, o prazo para comparecer à faculdade escolhida é até 12 de fevereiro de 2019. Já para quem foi chamado na segunda convocatória, o comparecimento à instituição de ensino pode ocorrer até o dia 25 de fevereiro de 2019.

Vale lembrar que a observância dessas datas é de responsabilidade total do aluno. Por isso, anote todo o cronograma e, caso você seja aprovado no Prouni 2019, não deixe para realizar os procedimentos necessários apenas no último dia. 

Existe lista de espera?

Sim! Existe lista de espera para o Prouni. Assim, se o seu nome não constou nas primeiras chamadas, não se desespere: o sonho de realizar um curso de graduação ainda pode ser realizado. 

Para tanto, o aluno precisa demonstrar o seu interesse em participar dessa lista. Basta acessar a página do programa na internet nos dias 7 e 8 de março de 2019 e cumprir essa etapa de forma online. 

No dia 11 de março de 2019, a lista dos novos aprovados será disponibilizada e os estudantes que nela constarem deverão comprovar as informações prestadas entre os dias 12 e 13 de março, diretamente na instituição de ensino escolhida. 

A dica principal é que o interessado no programa não deixe as datas passarem. Vale colocar lembretes no celular, anotar no calendário, destacar na agenda ou, mesmo, ficar de olho no edital e no portal do programa. É muito melhor pecar pelo excesso do que correr o risco de perder uma data importante nesse processo. 

Qual é a nota de corte?

A nota de corte é a pontuação mínima que o candidato precisa atingir para ser aprovado no curso de graduação de sua escolha. Por isso, os cursos mais procurados costumam ter as maiores notas, considerando a concorrência mais pesada. 

Para o Prouni, a nota de corte é calculada entre quem escolhe a mesma opção de curso superior, o mesmo campus da faculdade, além de horários e turnos semelhantes. A modalidade de cotista ou não cotista também influencia essa nota, o que pode significar diferentes pontuações mínimas para pessoas do mesmo curso. 

O interessante da nota de corte do Prouni é que ela varia de forma diária, conforme vão aumentando as inscrições para determinado curso. Por isso, ela é calculada todos os dias e todos os inscritos têm acesso a esses dados, podendo visualizar as chances de conseguir (ou não) o curso de sua escolha. 

O estudante também pode alterar as suas opções enquanto as datas para inscrição no programa estiverem abertas. Essa ferramenta auxilia o interessado que ainda não tem certeza sobre a definição do curso de graduação ideal ou, também, para quem visualizar que a sua nota pode não ser suficiente para ingresso em determinada área. 

Saber todas as informações e os procedimentos do Prouni 2019 é essencial para quem vai tentar uma carreira universitária a partir da concessão de bolsas totais ou parciais. Se você deseja garantir a sua aprovação, conte com um curso preparatório para o ENEM e obtenha notas muito maiores do que a pontuação mínima exigida! Depois é só comemorar a nova fase de vida!

Gostou das informações apresentadas neste artigo? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter e receba outros posts sobre o mundo universitário diretamente em seu e-mail. Vamos lá!

Powered by Rock Convert

Sobre o autor

Pré-Alfa

Deixar comentário.

Share This